Finalmente, esse tal de futebol.

Pré-temporada é um negócio morgado demais. A torcida fica discutindo política, gestão, erros e acertos, crise, futuro, contratações, mas nada de futebol. É aquele estranho momento do limbo: ninguém conhece quase nada, mas a esperança sempre está presente.
Sem futebol, como celebrar o momento do gol, xingar o juiz e os perronhas de nosso time, esculhambar o técnico, odiar a diretoria, vibrar com mais uma vitória, comer cachorro quente e tomar umas no Abílio, sentir a energia única do Arruda? Sem futebol, a vida fica um pouco sem graça.
Hoje, finalmente, o futebol volta às nossas vidas. O Santinha inicia o ano em Sergipe contra o Confiança. Nosso time é quase uma lista infindável de ilustres desconhecidos.
Júnior Rocha já confirmou nosso elenco: Tiago Machowski, Vítor, Renato Silveira, Genílson e Paulo Henrique; Jorginho, João Ananias, Daniel Sobralense e Arthur Rezende; Augusto e Robinho.
Vitor está falando em trabalho e superação. O resultado magro do jogo treino contra o América pode não ser um parâmetro, mas indica que, realmente, muita coisa terá que ser feita. Além do mais, o fantasma do DM já começou a dar as caras.
A ideia de ter um elenco enxuto e investir nos meninos da base é essencial para um clube que passa por dificuldades financeiras. Pés no chão é uma atitude minimamente razoável.
Se os resultados não chegarem, o que faz medo é a diretoria sair contratando feito louca. Aí teremos mais dividas e mais problemas. É preciso ter muita lucidez quanto às escolhas para esse início de 2018. De uma coisa eu tenho certeza: não vai ser fácil nem a pau.
Para acabar de vez com o jejum, quinta que vem tem jogo no Arruda. Meus amigos, pense numa ansiedade. Gerrá me passou uma mensagem:
“E aí, tricolor, animado? E o jogo da quinta?”.
Estaremos lá, pois lugar de torcedor tricolor coral das bandas do Arruda é no Mundão.
Não tenho dúvida que levaremos algum tempo para realmente saber quem joga e quem não joga nesse time. É preciso ter paciência e um pouco de otimismo. Só assim saberemos se teremos um time com identidade ou não.
Mas, numa boa, desde quando iniciamos uma temporada diferente disso?
E nunca podemos esquecer: estamos falando do Santa Cruz Futebol Clube, porra!
Saudações corais nesse início de temporada e muita sorte, garra e determinação para essa nova geração.

Author: Zeca

Zeca é professor doutor em Filosofia. O amor pelo Santa Cruz vem de berço. Aos cinco anos o pai já o levava ao Arruda. Escritor e poeta, tem diversos livros publicados. Escreve também no blog Ars Diluvian em que trata de arte, política e ciências humanas. É metaleiro e toca na banda Agelon de Brutal Death Metal. Mora na Boa Vista e sente muito orgulho de estar sempre perto do Pátio da Santa Cruz.

Share This Post On

20 Comments

  1. É fé e pau na moleira. Paciência galera. É melhor apostar pagando do que blefar.

    Post a Reply
  2. Augusto, Ananias, Paulo Ricardo e Artur Resende…Por esse jogo,tem muito peladeiro melhor por aí…

    Post a Reply
    • O primeiro deve tá com um problema sério de lombrigas…

      Post a Reply
    • Isso mesmo. Achei o goleiro fraco também.

      Post a Reply
  3. Augusto tá parecendo aquele cara que tá lascado de ressaca e nem queria jogar mas ficou ali só pra completar o time e não morgar a pelada

    Post a Reply
  4. Um filme de terror esse time do santa jogando. Joga recuado com medo do confiança. PQP. Não vi nada de positivo nesse jogo. O ano vai ser outra vez sofrido.

    Post a Reply
  5. Grande Zaca,

    Esse elenco certamente tem jogadores desconhecidos, com pouca qualidade, porém não faltou empenho e esforço. Para um treinador que montou um time inteiro e teve pouquíssimo tempo para treinar, vi um elwnco organizado dentro de campo. Para início de temporada, gostei do que vi, e com algum ajuste no ataque, acredito que possamos evoluir. Não vai faltar comprometimento desses jovens que desejam vencer no Futebol.

    Vamos precisar ter paciência, apoiar dentro do possível e não esquecer que esse ano nosso campeonato é a Série C.

    VIVA SANTINHA !!!

    Post a Reply
  6. Nao vi o jogo. Espero que o comentário de André Tricolor seja razoável: preciso acreditar que podemos evoluir. Enfrentamos o mais fraco dos times de nosso grupo. Os objetivos desse ano são: 1. Não cair para a série D; 2. Ficar entre os 3 primeiros no Pernambucano. 3. Pagar o elenco em dia e não aumentar as dívidas; 4. Conseguir apoio da torcida e uma base consistente de sócios. Além disso, tudo vier é lucro, e grande.

    Post a Reply
  7. Resumo do Jogo ontem: Santa Cruz = Jorginho.
    Confiança = Radar procurou a beleza de André e não achou.

    Post a Reply
  8. A cobrança que faço ao Augusto é positiva…O cara já é remanescente de um grupo fracassado, tem a oportunidade de entrar de frente e entra em campo pior do que antes, bem abaixo do que ele mesmo rendeu em alguns jogos do ano passado…Acorda e reage Augusto pra depois num ficar reclamando que não teve oportunidades…

    Post a Reply
  9. Temos um jogo em casa, pelo PE. Tá na hora da diretoria chamar a Torcida.

    Post a Reply
  10. Gostei de Jorginho (muito melhor que Wellington Cesar), Vitor, Genilson, Paulo Henrique e Robinho (tem futuro, precisa ter mais calma para fazer a assistência, parece Keno na primeira passagem pelo Santa Cruz).

    O treinador arrumou rápido a defesa.

    Post a Reply
  11. Isso amigos,

    Já existe um movimento nas Redes Sociais convocando a Torcida. Estou bem animado com esse início de ano com o Santa.

    Marcelo, sua crítica tem fundamento. Augusto teve uma ótima participação naquela Copa NE, jogando muito bem inclusive contra a coisa, que tece interesse no mesmo. Sua chegada não convenceu e suas atuações foram apagadas no Arruda. Talvez o prejuízo tenha sido esse contrato tão longo. De toda forma é torcer que ele consiga melhorar gradativamente, pois se isso não ocorrer certamente perderá o posto de titular. Nosso treinador J Rocha vem mostrando seu valor com muita dignidade e honestidade. Estamos no caminho certo.

    Post a Reply
  12. Concordo com André,
    A análise da apresentação do Santa tem que ser relativa, por ser a primeira do ano, elenco novo, treinador novo, etc.
    Vim o time com certa organização no primeiro tempo, mas com dificuldade no ataque. No segundo tempo o time caiu, mas dava pra perceber a falta de ritmo e de preparo físico.
    No geral, gostei. Logicamente, muito a evoluir.

    Vamos Santa !!!

    Post a Reply
  13. Primeiro jogo deixou totalmente a desejar. um bando em campo e um goleiro pesado, sem mobilidade. Ataque inoperante.Não se pode exigir entrosamento. Mesmo assim : Força Santinha!!!!

    Post a Reply
  14. Pôxa André, fiquei meio maus ontem. Logo eu, que sou um cara que puxo mais para o otimismo…
    MAS ACABO CONCORDANDO QUE TEMOS QUE TER CALMA,
    aFFF!
    problemas no teclado

    Post a Reply
  15. Sinceramente…preferia que o futebol voltasse so depois do carnaval. Pouquissimo tempo de pre-temporada e é muito jogo na sequencia. dia sim, dia nao.

    Nao tem como ter elenco.

    Terça foi um festival de jogador com cãimbra ou nitidamente fora de forma prum jogo profissional, valendo pontos. No medio prazo pode render mts contusoes. Aí lascou.

    Alem disso, a torcida nao tem recursos suficientes para pagar tanto ingresso, uma das nossas principais fontes de renda.

    OBS: sobre o goleiro, informações que tenho dos gremistas é de que ele é muito bom, tecnico, mas tem problemas de manter o peso ideal. Fora isso, muito tempo sem ritmo de jogo é prejudicial pra posicao. É apostar que ele quer dar uma virada na carreira.

    Post a Reply
  16. Vi o jogo. O time arrumadinho, até lutou e correu, mas falta categoria. Vamos ter paciência. O goleiro me parece jogar com um saco de areia nas costas. No final do 2o. tempo o Vitória estava melhor, talvez preparo físico. Mas está menos ruim do que poderia ser.

    Post a Reply
  17. Sport com uma folha de 3milhoes não vence Flamengo de arco verde,o Bahia com uma folha de 4milhoes perde na fonte nova para o modesto time do Botafogo da paraiba.agora o Santa Cruz com uma folha de 200mil com jogadores do nivel de João ananias e Augusto não pode impatar vamos ter calma.

    Post a Reply

Deixe uma resposta para Joao Alberto Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *