A alegria que vem da arquibancada

Desci a Serra nas carreiras. Não queria chegar ao Arruda atrasado. Nas pressas, terminei sem combinar nada com ninguém.

Fui sozinho, pensando em ir para as cadeiras e dizendo pra mim que seria minha despedida de 2016. O último jogo. O derradeiro encontro com meu time, com minha casa, com meus milhares de amigos.

Na solidão do percurso até o Mundão , a tristeza insistiu em dominar. Mas venceu a alegria de tantos momentos bons, destes vários anos de Santa Cruz. O rolete de cana, minha bandeira, a flâmula com o timaço de 1976 que ficava pendurada na cabeceira da cama, eu e meu pai nas sociais, o gol de Célio, o ano mágico de 2005, a Sanfona Coral, as viagens e aventuras pela Série D, a cabeçada de Caça-Rato contra o Betim,  a Copa do Nordeste em Campina Grande, as infinitas amizades, as vitórias.

Dobro a esquina da rua do Canal e o mundo se torna colorido. Preto-branco-encarnado. Avisto o pessoal do Poço calibrando o fígado numa barraca da beira do canal. A turma da Kombi Coral. Naná, Peito de Pombo, Ninha, Dái e Boy. Perguntei por Oswaldo Titio e Diazepan. Um estava no interior, o outro no aniversário da filha.

Encontrar com esse povo do Poço é tomar uma injeção de otimismo e felicidade. Pra eles não tem tempo ruim.

“Gerrá, hoje só vem quem gosta mesmo!” – disse, Naná.

Conversamos um pouco e me mandei pra comprar minha entrada. Corri como se não houvesse mais ingressos.

Na calçada, perto da bilheteria, encontro Samarone e Zeca.

“Cadê tu, porra?” – Sama perguntou.

“Gerrá, caralho! A gente existe, porra!” – gritou Zeca, o filósofo!

O sorriso estampado no rosto dos doidos, me levou para arquibancada.

Encontramos com Naná e cia. Ficamos juntos. Bem acima do escudo, na linha do meio campo.

No gol de Léo Moura, uma explosão de felicidade. Parecia que o campeonato estava começando. Foi como se a gente estivesse gritando para o mundo que estamos vivinhos da silva. No apito final, abraços, sorrisos e esperança.

Fazia tempo que eu não sentia a vibração e o calor do cimento da arquibancada. Os bons ventos daquele lugar me fizeram esquecer que somos quase lanterna, que a seribê de 2017 nos espera e que nossa campanha foi uma vergonha. A alegria de hoje me avisou que ainda temos duas partidas no Arruda e que a Terra gira.

No próximo jogo, quero estar lá.

Author: Gerrá da Zabumba

Share This Post On

65 Comments

  1. Excelente texto Gerrá.

    É o que nos resta da campanha.

    O amor que temos ao Santa Cruz.

    Porque o resto… Bem, esqueçamos o resto.

    Saudações Corais

    Post a Reply
  2. Comprei 10 ingressos por amor à camisa. Mas essa distância que é o Rio de Janeiro sempre me impedindo de sentir o clima do Arruda. O jeito foi ver pela TV. Feliz pelo público presente, feliz pela vitória, feliz por momentaneamente esquecer os maus momentos. Dá-lhe Santa!!!

    Post a Reply
  3. NANÁ disse tudo “SÓ VAMOS NÓS QUE GOSTAMOS MESMO”, acrescento, os modinhas ficam a reclamar.

    Post a Reply
  4. É incrível como uma vitória como esta, que só nos tira a lanterna da mão, me deixa feliz e mais tranquilo, mais relaxado, mais focado neste início de semana e, principalmente, mais paciente e amoroso com todos.
    Sei não, viu?
    É incrível mesmo.

    Post a Reply
  5. Não fui, tava em Porto num niver 0800. Mas escutei com meu pai num radinho.

    Parabéns aos que foram.

    Essa galera do Poço é PHODA mesmo.

    Ô LAPA !!!!

    Post a Reply
  6. 2017 começou ontem, começou com uma vitória e o apoio da torcida.

    Eu estava lá e fiquei feliz com o que vi, garra e determinação em campo e o concreto do Arruda pulsando, o pulso ainda pulsa.

    Por coincidência também acompanhei da arquibancada assim como você Gerrá, entrei pelas sociais, começou a chuva fui para a “área coberta”.

    Foi bom respirar aquele ar de esperança, aquela alegria que começamos 2016 com ela e que os tropeços do segundo semestre tinham minado.

    Não estou e ninguém está feliz em ver nosso Santa Cruz brigando contra a lanterna a da série “A”, virtualmente rebaixado para série “B”, más tudo isso serviu de aprendizado, estamos na luta e em 2017 temos CINCO competições para disputar (Campeonato Pernambucano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro da série “B” e Copa Sul-Americana). Até pouco tempo atrás só tínhamos garantida uma e a federação criando outra para podermos participar.

    Vamos à luta!

    Andar com fé eu vou, a fé não costuma falhar!

    Post a Reply
  7. Agora sim, os pés na realidade…8 mil foi um público excelente, principalmente pelas circunstâncias…Pensei que ia acessar o blog e ver um monte de gente reclamando da torcida porque não deu mais de vinte mil…Flávio vc disse tudo, a esperança em dias melhores é que traz o povão ao Arruda, diferente da certeza da mesmice…

    Post a Reply
  8. Textos, do Gerrá e os comentários, são uma síntese desse amor que, como todo amor de verdade, é desarrazoado.
    Lembrei da metáfora do cara que tenta se levantar puxando os próprios cabelos.
    Não comprei 10 ingressos, como Fred, mas comprei 5, e não fui ao jogo,gripado. Acho que vários outros também compraram mais de um ingresso, e até não foram.
    7 mil não são poucos, para o momento que estamos, mas R$ 56 mil, a renda, é muito pouco para a necessidade em que estamos. Mas melhor do que nada.
    O jeito é começar viver 2017, com a vitória de ontem, como alguém já disse. E esquecer, exorcizar a era Doriva. Adriano comandou o time em 3 jogos, dois empates fora de casa (Vitória e Inter) e 1 vitória em casa. Sem inventar, fazendo o óbvio, e alguns ajustes básicos: como Derley marcando e João Paulo mais livre para armar, e Leo Moura de meia atacante, finalizando. E segurando na defesa.
    Agora, sinceramente, Grafite não dá mais. Não deu em momento algum dessa série A, salvo os primeiros jogos, e o jogo da Sula onde marcou 3. É pena, mas é o que vejo.
    Em termos financeiros, terminamos uma série A, com mais receitas, muito piores do que antes. Ou seja, em 2017 teremos que pagar o preju desse ano, com muito menos grana, e armar um time barato para nos sustentarmos na série B. Se terminarmos 2017 na série B e com uma situação financeira reequilibrada, já será lucro.

    Post a Reply
  9. E o Grêmio, hein? Abriu as pernas para lascar o Inter. Essa carniça é mesmo cagada. Mas nosso time de m… é o grande responsável pela permanência deles.

    Post a Reply
    • O Grêmio abriu mesmo. Os comentários em Porto Alegre são esses. É só ler no http://www.Globoesporte.com/rs.

      Agora a coisa teve seus méritos. Diego Souza, Rogério e Evertom Felipe arrebentaram.
      E por falar em Rogério vcs se lembram como estava a coisa antes da chegada dele ??? nessas horas ter grana numa série A faz diferença.

      Post a Reply
  10. Isso aí. Belo texto.

    Post a Reply
  11. Já que a situação está difícil, por que não começar o ano com Adriano no comando?
    PE e Copa do NE. Procura inserir alguns jogadores da base para pegar experiência.
    Já deveria fazer algumas experiências agora. Botar a garotada ao menos no banco para ir se acostumando com o clima do profissional.

    Post a Reply
    • Também acho. Inclusive, nem temos que nos preocupar com títulos no primeiro semestre de 2017. mas montar uma base sólida com boa qualidade para subir e depois se manter em 2018…

      Post a Reply
  12. Também estive presente e como tava com uma reserva de 2 meses pra comprar uma roupa que tinha visto, decidi desistir do vestido e investir o dinheiro no Santinha. Comprei 21 ingressos e duas camisas ” É por amor É pela camisa”, que tava sendo vendida na loja, pois tava sendo vendida somente com dinheiro o qual iria diretamente pra o clube. Doei alguns ingressos. Fui a estádio com a família e ainda reclamei com uns 4 torcedores que ensaiaram uma vaia em Grafite na hora que ele saiu. Disse a eles ” amigo hoje é pela camisa é por amor”. Esquece as vaias, hoje é dia de apoiar. Na mesma hora eles pararam de vaiar. Domingo a magia do Arrudão estava no ar. É como diz na musica de Paulo Vanzolini “Reconhece a queda e não desanima
    Levanta, sacode a poeira
    E dá a volta por cima …”
    E olha que que já fizemos muito isso. Que venha 2017!!!

    Post a Reply
  13. Desculpem os otimistas, mas eu não estou enxergando perspectiva positiva nenhuma para 2017. Não tenho o controle dos números mas com base nas informações que circulam vejam que a situação não é fácil: Deveremos virar o ano com débitos da ordem de 5 milhões de reais entre folhas do futebol, administrativo e outras despesas relativas a 2016. Diluindo esse valor em 2017, por mês são 400 mil; Temos o pagamento do Profut, da qual descontando a participação da Timemania ainda desembolsamos mais ou menos 200 mil/mes.; Temos uma folha paralela oriunda de acordos de gestões anteriores e também da de Alírio, que ninguém sabe quando termina, de 1,2 Milhões/ mês; A folha do futebol deverá girar em tono de 700 mil/mês; e temos a folha do administrativo mais a manutenção do clube com energia e outros que deve ser de 500 mil/mes.

    Juntando tudo a necessidade mensal de recursos será de R$ 3 milhões/mes ou 36 milhões/ano.

    Nós teremos uma receita de televisão de 6 milhões/ano e, vamos ser otimista, manter o quadro de sócios em 10.000 com mensalidade a R$ 30 o que dá R$ 300 mil/mês ou R$ 3,6 milhões/ano. Sendo ainda otimista e admitindo que faremos 35 jogos no Arruda em todas as competições que serão disputadas e que esses jogos rendam R$ 500 mil/cada (25.000 a R$ 20), teríamos R$ 17,5 milhões/ano. Somando essas receitas anuais daria R$ 27,1 milhões.

    Se eu tenho despesas anuais de R$ 36 milhões e receitas de R$ 27,1 , o déficit é de quase 9 milhões/ ano. É claro que teria que entrar nessa conta um monte de outras despesas e receitas, mas a ordem de grandeza não vai mudar muito disso aí.

    Post a Reply
    • Então quando vejo muitos aqui postando time base para 2017 com Tiago Cardozo, João Paulo, Uillian, Gravite e Léo Moura. Amigos, vamos acordar pra Jesus, somente esses cinco já dá o valor da folha que teremos que ter em 2017.

      Diante disso, e vendo que com essa Gestão de futebol em 2014 fomos desclassificados para a Copa NE 2015 e que em 2015 passamos metade do campeonato da série B na zona de rebaixamento, já me dá vontade de tomar umas doses de whisky.

      Senhores, a realidade é cruel. Somente não enxerga quem não quer. O Clube está ficando quase inviável. Para sair não tem que ter só boa vontade, tem que ter uma enorme competência de quem está administrando e um enorme espírito de solidariedade da torcida.

      Post a Reply
      • Antônio seu comentário é muito bom, mostra uma preocupação que também é compartilhada por todos, basta ler os comentários em textos anteriores, mas quando foi que o Santa Cruz começou o ano com dinheiro em caixa, sem dívidas ou teve folga financeira na sua história recente?

        É verdade que algo precisa ser feito, sugestões tivemos várias aqui, mas a vida não pode parar, o Santa Cruz não pode parar.

        Dificuldades sempre tivemos e ainda teremos por um bom tempo, mas acredito nessa direção que aí está e acredito que outros homens de bem também possam se aproximar e contribuir para que nosso clube volte a ter força nacionalmente como teve um dia, pois regionalmente estamos num bom momento em termos de conquistas. Desde 2011 foram 5 campeonatos estaduais, 01 Copa do Nordeste, 01 Brasileiro da série “C”, 3 acessos, disputamos pela primeira vez uma competição internacional e jogamos uma primeira divisão que nem o mais otimista, dos otimistas imagina que conseguiríamos.

        Desde 2011 também estamos sem dinheiro em caixa, com passivos a serem pagos, salários atrasados, bons jogadores que foram embora, etc, etc, etc.

        A preocupação para 2017 é pertinente, mas não vamos morrer de véspera, vamos acreditar e mostrar nossa força como torcida, diga-se de passagem como sempre fizemos nos momentos cruciais da nossa história.

        Post a Reply
      • Antônio, muito coerente seus comentários. Mas nos resta fazer a nossa parte que é se associar, pagar em dia, ir para jogos e, se der, comprar produtos oficiais.

        Você ainda está sendo muito otimista com as rendas do próximo ano (25.000 em média), não acho que chegue a isso.

        Vamos fazer a nossa parte, torcer e estimular outros tricolores a ajudar também.

        Abraços e saudações corais

        Post a Reply
  14. AGORA, AGORA, NINGUEM QUER SABER DO ESTADUAL, DA COPA NE, MAS, MAS, NA PRIMEIRA PARTIDA, CONTRA A BARBIE, CASO, CASO, VIEMOS A PERDER, PRONTOOOOOOOOOOOOOO

    COMEÇA A LAMÚRIA!

    IDÊNTICO QUANDO PERDEMOS DA COISA ESTE ANO…NINGUEM PRESTA, FORA ALIRIO, TININHO….

    ENTAO, DISCORDO PLENAMENTE!

    TEMOS QUE ENTRAR FORTE SIM, NO PE, DISPUTAR SIM, E NA COPA DO NE, TB….AGORA, COM RELAÇÃO A SERIE B, TEMOS QUE CONTRATAR, TB, AGORA, TUDO ISSO, VAI DEPENDER SABE COMO?

    RENDAS, PÚBLICO PAGANTE, AGORA, FOI COMO ALIRIO FALOU:

    DEPOIS DE DOIS CAMPEONATOS SEGUIDOS, NA ESTREIA DA SERIE A, JOGO AS 11:00 E O PUBLICO?

    UMA VERGONHA!

    AGORA, COMO SE FAZ CONTRATAÇÃO SEM DINHEIRO?

    E AINDA TEMOS QUE CONTRATAR UM TREINADOR DE VERDADE, NEM ADRIANO QUER FICAR, POIS SABE QUE NAO TEM CAPACIDADE….

    E POR FAVOR, OLIVEIRA CANIDE, CHAMUSCA, LISCA, DALPOZZO DA VIDA NEM PENSAR!!!!

    TEMOS QUE COMEÇAR A PENSAR, QUEM SERIA….

    E VAMOS SEGURAR JP, GRAFITE, LEO MOURA, POIS SERIAM NOSSAS FORÇAS DE QUALIDADE, POIS PRECISAMOS E MUITO DELES…

    NAO ADIANTA DIZER: AH, NAO PODEMOS, ISSO OU AQUILO, É MELHOR ARRUMAR $$ PARA ESTES ACIMA, DO QUE ENCHER O PLANTEL COM: NININHO, EVERTON SENA, RENATINHO E CIA LTDA, PELO AMOR DE DEUSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ESTES DEVEM SER ESQUECIDOS!!!!!

    Post a Reply
    • Em 2017 ninguém se iluda. Não vai cair de paraquedas no Arruda um messias, um salvador da pátria tricolor. Será com união e com os pés no chão que teremos de fazer campeonatos de superação. A diretoria já entendeu isto dependendo deste restante de Série A Adriano Teixeira será efetivado como treinador dentro desta nova filosofia.
      Sem dinheiro não teremos grandes contratações. Infelizmente nossa competente diretoria de futebol jogou fora toda a evolução que tivemos de 2010 pra cá. Agora é o recomeço. Deu certo uma vez e se Deus quiser dará de novo.

      Post a Reply
  15. Antônio, tomando por base uma entrevista dessa semana de Alírio, o débito atual é de 4 a 5 milhões, mas está para ser liberado de cotas de TV e Sulamericana algo como 5 milhões.

    Em tese, zerariam as dívidas. Passaríamos a dever apenas os empréstimos que ALírio fez colocando seu patrimônio como garantia (não tenho menor idéia desse valor).

    Mas sinceramente, considerando todas as receitas do ano (TV, Copa NE, Copa BR, Sula, Patrocínios) + as mixarias oriundas da torcida (renda e sócios)*, mesmo considerando os passivos, não era pra estarmos devendo tanto. Concordo que não sobraria, mas dever até as cuecas é f…

    Nossa folha durante 5 meses foi de 900 mil e 8 meses foi de 1.400 mil. Mesmo considerando o absurdo do administrativo de 275 mil + o passivo dos bandidos anteriores + profut… não éramos pra estar tão na m…. mesmo pegando empréstimos com Alírio avalizando.

    Se ele não abrir a caixa preta, vamos rodar em círculos e não poderemos convencer ninguém a ajudar.

    Como montar um grupo forte de apoio ao clube, com uns 2 mil torcedores que se engajem, se o cara não sabe pra onde tá indo seu esforço?

    Saudações Corais

    *Marcelo, fui intencionalmente venenoso mesmo.

    Post a Reply
    • ???? Ricardo, acho que esse final deve ser referente ao texto passado rs rs rs

      Post a Reply
    • Ricardo/Flávio,
      o dinheiro que o Santa tem para receber de R$ 5 milhões mal dá para atualizar os débitos vencidos. Você está esquecendo que temos o mês corrente, dezembro e décimo terceiro para pagar. Essa conta de padaria que fiz poderá ser ainda pior se essa folha paralela, dos acordos, também estiver atrasada. Então a dívida de 2016 pulará para 6 ou 7 milhões. Vejam que na conta, eu coloquei uma média de público de 15.000 mas isso ´somente poderá chegar perto se formos excelente no futebol.

      Sinceramente, não vejo perspectiva positiva de curto prazo nem no financeiro, nem administrativamente e nem no futebol.

      Soube, não sei se é verdade, que o Conselho pediu prestação de contas ao executivo e à patrimonial já faz quase dois meses e nada. Qualquer empresa minimamente organizada entrega esses números já analisados em cinco dias.

      Mais uma vez repito: não precisamos só de boa vontade e honestidade para tirar o Santa da atual situação é preciso muita profissionalização e competência da gestão. A situação financeira do clube pode estar caminhando para ser pior do que há dois ou três anos atrás. Estou fazendo minha parte pra ninguém se iludir.

      Post a Reply
      • Antonio, estamos esperando prestação de contas desde o mandato de FBC, não vamos crucificar o atual.

        Vou beber…..

        Post a Reply
        • Prestação de contas e auditoria, diga-se de passagem.

          Post a Reply
        • Maiela Jr.,
          eu não estou crucificando ninguém. O que eu estou o tempo todo querendo mostrar é que a situação do Santa hoje é muito séria e não existe mais espaço para erros, seja em qualquer setor do clube. Acho que Alírio e nem ninguém que está administrando está vendo isso. O financeiro não pode errar; o marketing não pode errar, o futebol não pode errar, o patrimônio não pode errar; o jurídico não pode errar. Qualquer desses setores que errar, agrava ainda mais os problemas financeiros e não temos mais espaço para isso. Esse debate tem que ser feito entre as cabeças pensantes do clube, pois se não levarmos isso a sério o clube fecha. O torcedor comum pensa que essa hipótese de fechamento é improvável, mas não é. Ela é real. Olhe que nessas continhas que fiz acima, nem coloquei o dinheiro que Alírio tem a receber por ter colocado recursos no clube. Acho que hoje vou tomar meu calmante (whisky) para esquecer um pouco isso.

          Post a Reply
          • Antônio,
            Como disse no meu comentário acima, você está sendo muito realista e todos precisamos ser. Mas eu sou um pouco mais otimista, pois a nossa situação de três anos atrás na série C, sem dinheiro, com os mesmos problemas de passivo, sem crédito e sem credibilidade no mercado e sem campeonato para jogar, é um pouco diferente.
            Por mais que estejamos passando por vergonha nacionalmente com atraso de 5 meses do administrativo + 3 meses dos jogadores, a situação não está pior do que estava lá atrás.

            Repito, a situação é caótica e precisamos ajudar. A diretoria precisa ser transparente e profissional para a torcida chegar mais.

    • Ricardo, as liberações cobrem o débito “atual” do ano. Mas tem outubro, novembro, dezembro e o 13o. para pagar e não estão nessa conta ainda.

      Uma fonte de receita seria a venda de Raniel para o cruzeiro. Alírio falou que os direitos dele foram acordados em 1MI dolares, que tirando os impostos daria pouco mais de 2,5 MI reais. Ainda assim não tira o vermelho de 2016.

      Post a Reply
  16. Outra coisa (VTNC) que não entendo é esse débito municipal de 30MI. O que é isso? IPTU, taxa de bombeiros, taxa do lixo, água? Celpe tá incluso? putz 30MI?

    Ouvi alguém comentar certa vez, que o Santa só não consegue as ditas certidões negativas por causa desses débitos com o município, já que as outras (tirando as ações na justiça em outros estados) estariam teoricamente cobertas por acordos.

    Post a Reply
    • É esclarecedora e assustadora quando se olha aquele gráfico circular com as dívidas que temos.
      Mas estou otimista em relação a Alírio.

      Post a Reply
  17. E a moderação deste blog segue apeando comentários sem necessidade.

    Post a Reply
  18. Várias:

    1- Patrocínio da CaiXa que não veio;
    2- Verba da DryWord que tb não veio;
    3- Torcida que, por razões simples ou complexas, deixou a desejar;
    4- Diretoria de futebol que deu certo nas Séries D/C/B mas “tremeu” numa Série A;
    5- Cota de televisão retida;
    6- Folha administrativa muito alta para a estrutura do clube;
    7- Jogadores ruins e descompromissados em “suar sangue”;
    8- Ex-presidentes que “abandonaram” Alírio. Um deles só quer saber de se eleger vereador, só para exemplificar;
    9- Falha estratégica em relação à Copa Sulamericana (que poderia ter rendido algum $$$ ao clube);
    10- Demissão de Miltom Mendes na hora errada (demorou demais) e contratação errada de seu substituto Doriva.

    Estão ai 10 razões para nossa derrocada.

    Post a Reply
    • Esqueci do marketing que, salvo algumas pequenas ações, praticamente inexistiu.

      Post a Reply
  19. o santa cruz precisa, prioritariamente, emprestar grafite.
    o clube não aguenta pagar 200mil de salário numa série B.

    Post a Reply
    • Com o desempenho atual dele, 20 mil já seria muito

      Post a Reply
  20. Roberto JR,

    Não se trata mais de ser otimista, realista ou pessimista. Vamos fazer um simples exercício: imagine que o Santa foi fundado em 01/01/2016 com dívida zero. Nós vamos terminar o primeiro ano de vida com uma dívida de R$ 5 milhões referentes só a este ano.

    Agora considere que as receitas previstas para 2017 não pagam as despesas referentes a esse exercício e nem sequer amortiza as que ficaram de 2016. Nós corremos seriamente o risco de finalizar 2017 devendo referentes a 2016 e 2017 acumulado de R$ 11 a 12 milhões. Some-se a isso R$ 77 milhões de dívida que já temos. Se isso acontecer, metade do trabalho de redução de dívida pelo próprio Alírio irá por água abaixo.

    A minha preocupação e acho que deveria ser a de todos é viabilizar o clube. Se tivéssemos um Conselho atuante, ele já deveria exigir do executivo o orçamento de 2017 com receitas e despesas detalhadas, explicando para onde vai o dinheiro e de onde virão os recursos.

    Dentro da realidade atual, se tivermos gestões austeras e que amortizem pelo menos R$ 2 milhões dessa dívida por ano, nós levaremos 35 anos para nos ver livres dela.

    Ratifico minha opinião: se não houver nada de novo em relação a receitas para 2017 estamos caminhando para inviabilizar o Santa Cruz.

    Post a Reply
    • Penso assim também. Precisamos de um administrador que encare o problema e veja como realizar uma recuperação judicial. Não sei se é possível, mas se pode até para multinacionais como a Oi, deveria poder para associações esportivas.

      Sem algo do tipo e sem ter patrimônio para vender, também não vejo saída.

      Esse tipo de discussão já deveria ter sido iniciada no clube há muito tempo.

      Post a Reply
    • Antônio,

      Não estou discordando de você. Pelo contrário, ainda acho que você está sendo bonzinho com esse seu exemplo acima para um clube que nasceu em 2016, pois não cabe ao Santa Cruz. Os bloqueios judiciais de uma temporada como foi nessa, pioraram substancialmente a situação de uma instituição que respira com ajudas de aparelhos e estava ressurgindo para a vida.

      O que eu quero dizer é que eu ainda acho que o Santa Cruz é um clube completamente viável e com uma marca muito forte pela história e, principalmente, pela torcida.

      Anos passados, além dessa alcunha de torcida mais apaixonada do Brasil pela força numa série D, fomos um dos clubes que mais camisas oficiais vendemos no Brasil, se comparando aos poderosos Flamengo e Corinthians. Ou seja, nossa torcida continua ativa economicamente e apaixonada, mas ainda passiva de ações.

      Sempre digo aos meus amigos que querem comparar a nossa administração atual com a administração do Chapecoense, que não tem nada de comparar um clube novo, sem passivos trabalhistas nem costumes arcaicos de antigos dirigentes, com o nosso amado clube que sofre com tantas heranças malignas.

      Mas você tem toda razão, é inegável que temos que mudar. E é pra já !!!

      Post a Reply
  21. O novo seria uma liga do Norte e Nordeste independente…Mas temos uns pobres metidos a bestas sobrevivendo de migalhas (Sport, Bahia, Vitoria e Goiás) por enquanto, pois tão vendo que ficarão nessa eterna gangorra série B e pra não cair da A e não passaram disso, ocasionalmente, talvez de 100 em 100 anos conseguiram ir para libertadores…E os miseráveis, invejando esses quatro, querendo ser igual a eles, ou seja, pobres metidos a bestas também…Sinceramente não dá…É preciso um grupo de dirigentes com coragem para dizerem BASTA, Dane-se a CBF…A CBF vai fazer o quê, desfiliar todos os times do Norte e Nordeste, com exceção dos quatro que eu falei??? E se fizer qual a consequencia disso? Não participar de torneios internacionais e não poder ser campeões brasileiros??? Quantos times do norte e nordeste participaram das Libertadores? dois ou três em cinquenta anos??? Quantos foram campeões brasileiros??? um ou dois em cinquenta anos??? Se essa liga vingar, com apelo e apoio das torcidas mais populares do NORTE E NORDESTE, não daria três anos para que o grupo dos quatro metidos a besta viessem correndo também para essa liga…Não só eles, mas times tradicionais do próprio interior Paulista, de Santa Catarina e Paraná também…Alguém duvida??? O novo seria essa ruptura, pois sem essa ruptura a divisão da grana será sempre desmedida e desproporcional para beneficio dos 12 ( Santos, Corintias, São Paulo, Palmeiras, Vasco, Botafogo, Flamengo, Fluminense, Atletico mg, Cruzeiro, Inter e Grêmio)… SEMPRE!

    Post a Reply
  22. E a moderação deste blog segue apeando comentários sem necessidade (02)

    Post a Reply
  23. Um exemplo, pena que meu comentário anterior foi censurado: O Atletico de GO está na primeira divisão de 2017, porém o site da Globo não dá essa noticia como destaque, e sim mais um empate do Vasco da Gama…Pra saber que o Atletico de GO se classificou pra primeirona no site, vc tem fazer conta na tabela, ou ir por link especifico do time…AH, Uma liga Norte e Nordeste independente já, amigos…

    Post a Reply
    • … A CBF está minando a liga do Nordeste. A próxima já não vale vaga na Sula. Vão deixar o Ceará entrar pela janela para desmoralizar, diminuíram o numero e datas etc etc

      Post a Reply
      • Coral, no meu comentario bloqueado, não falo de uma liga com aval da CBF, mas uma liga com ruptura total com a CBF…Quantos times do NO/NE participaram de uma libertadores em 50 anos? 02 ou 03 apenas? Quantos foram campeões brasileiros em 50 anos?? 02 ou 03?? E tão com medo de que? que a CBF desfilie todos os times populares do NO/NE com exceção dos iludidos BA, VI, GOIAS E COISA??? E qual seria a consequencia dessa desfiliação, não participar do brasileirão e de competições internacionais??? Que diferença faz…Vamos ficar eternamente até exaurir todos os recursos financeiros participando das competições da CBF só pra ser igual aos 04 que citei…E esses quatro vão ficar eternamente participando pra ficar na série B e lutando pra não cair da A, e de 50 em 50 anos participarem de uma Libertadores???

        Post a Reply
        • ok, entendi… acho difícil. Sem exposição na tv esse grupo voltaria para um estágio semi-amador e num estágio desses, os pseudo-dirigentes que lucram com as mazelas dos seus clube ficariam sem a teta. A resistência interna e sabotagens dentro dos próprios clubes (sem falar nas federações) seria enorme.

          Além disso sempre tem a turma mais desfavorecida ainda (Centrais, Portos, Campinenses, Juazeiros etc) doidos para “subir” para a posição de capacho do futebol que os fundadores dessa liga independente deixaria “vago”.

          Post a Reply
    • Eficiência nos gastos
      Mesmo com orçamento inferior ao dos principais clubes da Série B, como Vasco, Bahia, Goiás, Náutico e Ceará, o Atlético-GO conseguiu desbancar os concorrentes na luta pelo acesso. Para chegar a essa façanha, precisou ser eficiente na hora de gastar. Com folha salarial de R$ 650 mil e investimento total de R$ 10 mi na competição, a diretoria não poderia errar e teve êxito nessa missão. Contratou pouco e de forma pontual, não trocou de treinador e colheu os frutos de uma estrutura simples, mas funcional.

      Post a Reply
  24. Como fui moderado de novo, vou ser radical: o blog do Santinha quer que o Santa Cruz continue sendo mendigo da CBF até os finais do tempo he he he brincadeira

    Post a Reply
  25. Insolvente. Este é o tema. Quem não quiser acreditar basta ver o gráfico da entrevista de Alírio.enquanto ficamos aqui a ” montar” times imaginários a bandinha toca nos jogos, tal qual a orquestra do Titanic. Igual aos judeus que tocavam enquanto caminhavam para os fornos nazistas. Ou sentamos numa grande mesa para deliberar o nosso destino, ou então vamos aderir às bandas e afundar com elas. O tempo urge, ou reunem-se os grandes tricolores para estudar soluções ou ficaremos aqui para “escalar” times imaginários.

    Post a Reply
  26. Acredito que o Santa Cruz vai negociar João Paulo, Raniel e Grafite.

    Acho que com o valor destas negociações dê para quitar as folhas salarias de 2016.

    Post a Reply
    • Amigos, JP e Raniel acredito, Grafite, na condição atual, quem vai querer pagar?

      Post a Reply
  27. A situação do clube hoje não pode ser comparada com a situação de 3 anos atrás simplesmente porque 3 anos atrás não tinha o refis que o clube aderiu e depois substituiu pelo Profut.

    Antes a situação era ruim porque a dívida crescia na surdina, mas não havia impedimento desportivo em participar de competições, caso o clube estivesse em débito.

    Agora não. Não tem saída, ou tá em dia e/ou acordado judicialmente ou não compete.

    TEM QUE TER UMA FORÇA TAREFA ADMINISTRATIVA URGENTE para discutir, buscar soluções e seguir à risca um plano de recuperação financeira. Senão o clube fecha. Não há conta que cubra as obrigações impostas a partir deste ano.

    Post a Reply
    • Até o Fortaleza está fechando patrocínio com a Caixa (acho que agora são 21 clubes mo total).

      Ouvi dizer que o Santa Cruz não consegue o patrocínio da Caixa porque não conseguiu renegociar o pagamento dos tributos municipais (cerca de 30MI, segundo o site da reportagem de um comentário acima).

      Puxa, logo a dívida mais próxima e não dá pra negociar? acho que ainda tem questões com questionamentos judiciais sendo impetrados e estrategicamente não seria interessante reconhecer como dívida no momento. Só isso justificaria não termos ainda as CNDs municipais.

      Pena que não há transparência o suficiente para termos esse tipo de detalhe. Alguém sabe algo mais sobre essa dívida de 30MI com o município e porque não sai essas CNDs?

      Post a Reply
  28. O que falta além de transparência é humildade e honestidade para reunir o Conselho e a torcida, mostrar a realidade do clube, irreversível ante medidas convencionais, e pedir ajuda a todos.Esconderem-se atrás de mentiras e subterfúgios para enganar inocentes e desavisados, não cola mais. Estão Levando com a barriga, jeitinhos, jogo de cintura, mas não sabem o mal que estão fazendo ao Santa. Quando homens sérios se afastam, como por exemplo o des. Bartolomeu , é porque a situação está sendo maquiada. Eu diria até, irresponsavelmente. COMISSOS não diferem daqueles que destruíram o Clube. Amigos, não se deixem enganar mais.

    Post a Reply
  29. Antônio, Coral e demais

    Pelo que eu entendi da entrevista de Alírio, os 5 milhões é o débito atual MAIS os vencimentos até o final do ano, dando a entender que o que ainda irá receber cobrirá os débitos.

    Não faço idéia do que o clube terá que pagar a ele (ou a bancos, já que ele deu parte de seu patrimônio em garantia).

    Hoje entendo como caminho para evitar nossa extinção o investimento na base.

    Esse CT tem que sair na marra. Tem que passar o CT para o nome de Alírio ou de uma associação de Santacruzenses para evitar penhoras futuras. Pelo que conhecemos ele é uma pessoa do bem (confio APENAS NELE ali dentro do Santa Cruz). Não adianta pôr no nome do clube, para viver sendo penhorado. Não adianta.

    Juntar um grupo de SantaCruzenses razoáveis para arregaçar as mangas e por isso em prática. Não adianta 50 pessoas. Tem que ter engajamento de muito mais gente. No mínimo umas 500 pessoas envolvidas diretamente no processo.

    Quem não puder colaborar com R$, que seja com mão de obra. E depois prestação de contas na venda do jogador, para que as pessoas recebam realmente parte do investimento.

    O clube sai lucrando em tudo.

    1. Custo de folha reduz porque ter uns 15 da base no elenco (50%) do total de 30 jogadores. Ou seja, ajuda a equalizar a eterna crise financeira.

    2. Participação na venda dos jogadores, como “taxa de vitrine”. A definir o percentual.

    O Santa entrando apenas “com as camisas”. Desvinculado de tudo da instituição, inclusive CNPJ.

    Tem que ser feito por torcedores. Pessoas sérias, dedicadas e com engajamento. Não pode-se ter dedo podre nisso.

    Saudações Corais.

    Post a Reply
  30. pior de ser rebaixado é a forma como esta sendo rebaixado
    pior do ser rebaixado é ver o clube voltando ao que era, cestas basicas, salarios atrasados etc
    ou seja nao mudou quase nada
    se nao tinha dinheiro por que gatou por conta
    se gastou por conta por que nao gastou o que podia

    pensei que com visao empreasrial sem ser politico ou pertence a gurpos que alirio fosse deixar a casa em ordem

    tristesa
    se nao pode pagar funcionarios entao façao acordo na justiça e demitam, estao dividindo em ate 24 vezes na justiça do trabalho

    Post a Reply
    • Visão empresarial ajuda, mas para uma recuperação de “empresa” falida é necessário muito mais que isso. Apenas boa vontade do presidente não resolve. O conselho tem que ser envolvido e remédios amargos têm que ser colocados em discussão, como uma recuperação judicial, alienação de bens, devolução de parte do terreno cedido pela prefeitura (agora com bem feitorias) como forma de abatimento de dívidas etc…

      Alírio tem o mérito de ter arrumado a bagunça para finalmente ter noção do problema. Resolver o problema vai precisar do envolvimento de muita gente mais.

      Post a Reply
  31. F… é que a chacota é nacional.

    Várias reportagens nos principais sites esportivos.

    Praticamente está assim. Só não escrevem dessa forma:

    FUNCIONÁRIOS ESTÃO PASSANDO FOME.

    JOGADORES EM DIFICULDADE.

    Imaginem que tipo de jogador vai aceitar entrar (desculpem o temo) nessa BARCA FURADA que é o Santa Cruz?

    Além da queda, o coice. É f…

    Saudações Corais

    Post a Reply
  32. pior é que a cada erro insistiam em errar mais
    deixaram a facil sulamericana em prol da serie a
    depois contrataram um lateral argentino que so poderia jogar a sula
    ai veio a besteira
    o cara assinou contrato e nao pode jogar
    pergunto o dinheiro desses e outros mais contratados nao daria pra pagar o administrativo?

    claro que dava?
    so pra lembrar na sula pelo fato de termos tirado a coisa herdamos que todo segundo jogo seria no arruda
    o que esta acontecendo com a chapeco

    que ja ta na final e vai decidir tudo em casa

    resultado nem sula, nem serie a e pedindo cesta basica
    cesta BASICA AGENTE DA A QUEM TA SEM EMPREGO, QUEM TEM EMPREGO TEM DE COBRAR A SEUS PATROES O SALARIO
    DINHEIRO POUCO TINHA MAS FOI PRA MAIS DE 56 JOGADORES DOS QUASI APENAS 30 JOGAO

    Post a Reply
    • Madson, esquece isso, já passou. Cansamos de falar aqui na época que as m.. estavam sendo feitas.

      O problema agora é muito mais sério. Agora, temos que cobrar ações que, pelo menos, tentem que o clube não vá à falência.

      Post a Reply
  33. Por isso é que eu clamo por uma forca tarefa que pense soluções.

    O remédio vai ser ruim, mas é melhor que seja tomado de uma vez só. Tem que ter alguma saída nem que seja recuperação judicial, intervenção da justiça, alienação de algum patrimônio.

    A prefeitura não que o CT WS em troca da dívida de 30Milhões, não? Dava para fazer um conjunto habitacional lá…. vale isso?

    Alguém já pensou nisso?

    Com as CND municipais dava para pleitear o contrato com a Caixa.

    … TEM QUE TER GENTE PREPARADA PARA PENSAR EM SOLUÇÕES, SENÃO PODE DECRETAR FALÊNCIA, QUE A CONTA NÃO BATE.

    Ou se toma medidas duras, ou não vai adiantar continuar nessa de rolar dívidas passadas e aumentar a bola de neve com dívidas com Alírio.

    Post a Reply
  34. O que dá um desânimo é que a gente não vê uma ação sequer para tentar salvar o Santa Cruz.

    O governador é torcedor do Santa. Alguém já marcou uma audiência com ele para ver o que se pode fazer de parceria com a Arena PE, com algum tipo de arrendamento ou algum programa de recuperação que ajude a ter o patrocínio da Caixa?

    Cadê ALN, que sempre é um dos vereadores mais votados? não tem nenhum tipo de programa da prefeitura que o Santa possa participar? Tipo:

    – ceder o ginásio para aulas de educação física para as escolas públicas próximas;
    – instalar uma creche que dê para as ruas laterais ou dos fundos ou mesmo na colosso;
    – ceder a colosso para algum restaurante com refeições a baixo custo como tem no Rio de Janeiro;
    – envolver o CT WS em algum plano de expansão de moradias;
    – Até mesmo isolar todo o estacionamento/colosso da rua do canal e instalar uma escola pública.

    Tem que ter alguma ação para salvar o clube.

    Tudo isso poderia ser trocado por isenção de tributos e/ou abatimento de dívidas.

    E a sede? porque nunca mais foi arrendada a ala da esquina para comércio?

    Post a Reply
    • O contador de sócios que ficou estacionado em 12.190 por um bom tempo agora só marca 6.003.

      Se continuar assim, a inanição financeira vai matar o clube. O que o Conselho está esperando para convocar uma assembleia extraordinário de combate à crise?

      Post a Reply
  35. Nós agora temos que nos preparar para o campeonato pernambucano e a melhor forma é indo amanhã para o Arruda apoiar o Mais Querido. O Santa Cruz precisa do nosso apoio Família Tricolor. Vamos ao Arruda apoiar o Tricolor mais querido do nordeste brasileiro

    Post a Reply

Deixe uma resposta para Alexandre Dias Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *